banco modal, China, fundos-de-investimentos, Parcerias

China mira Brasil como parceiro estratégico em meio a guerra global

China mira Brasil como parceiro estratégico em meio a guerra global

Nem a recente crise brasileira nem a guerra comercial entre China e Estados Unidos abalaram os planos de investimento dos chineses no Brasil. Pelo contrário, a disputa global que vive o país asiático pode reforçar sua aposta no Brasil como, mais que um mero parceiro de negócios, uma aliança estratégica. “Para o chinês, o investimento não é resultado de uma parceria geopolítica, ele é parte dessa parceria”, diz Eduardo Centola, sócio do Banco Modal, instituição que é parceira da estatal CCCC (China Communications Construction Company).

Para Centola, as recentes revisões para baixo do PIB brasileiro e o cenário político pouco influenciam nos planos para 2018. “O chinês investe com um horizonte mais longo que o europeu ou americano”, diz. “As empresas estatais seguem um programa anual de investimento, norteado pelo governo chinês. Se eles não se concretizam, elas precisam dar explicações.”

Leia mais em https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2018/06/china-mira-brasil-como-parceiro-estrategico-em-meio-a-guerra-global.shtml